Sinopse: Composto por onze textos curtos, entre contos e relatos de sonhos que se interligam como num jogo de espelhos, “Aparições” se constitui como um livro volátil: escrito nos primeiros meses da mais recente pandemia, muito ao estilo de “O livro de Monelle”, de Marcel Schwob, ou do realismo mágico de Angela Carter, Higor Brunieri tece narrativas cujos panos de fundo são quase sempre cenas corriqueiras - uma viagem curta de ônibus, um par de sapatos encontrados na rua - mas que, resignificadas, são apenas iscas pelas quais o leitor encontra, mais uma vez, o cotidiano e o trivial tingidos pelo surreal e pelo extraordinário.

 

Leia um trecho do conto: 

 

II. OFÉLIA, ou UMA FOTO DE DIANE ARBUS

 

II

 

Foi nos primeiros anos da puberdade, eu não tinha na época nem treze anos. Acordei uma manhã e percebi que meus dentes estavam cobertos por uma fina camada de pelos.

Pelos!, eu te digo. Pelos iguais aos que já haviam começado a crescer pelo meu corpo, tão finos em espessura e claros em coloração que ninguém além de mim parecia percebê-los. Até então, eu havia usado malhas finas que cobrissem meu corpo e nem estava lá esquentando muito com eles, mas daí acordei nesse dia e os senti com a língua, como se tivessem estado ali desde sempre.

 

Naquele momento, a língua se mostrou mil vezes mais implacável do que haviam sido meus dedos até então, e eu sentia esses novos pelos como agulhadas são sentidas na carne; mas quando corri para o espelho, vi que, tão imperceptíveis que eram, eu poderia cuidar deles depois. A textura desagradável das cerdas da escova de dentes em atrito com essa nova textura da boca produziu os calafrios que você poderá imaginar: ainda assim, escovei os dentes com energia e saí de casa.

 

Como eu previ, naquele dia ninguém me percebeu diferente. E ao fim dessa primeira tarde, tal como diz-se que a língua aprende a se ajustar ao espaço que um aparelho odontológico ocupa na boca (e que, para a minha felicidade, nunca precisei usar), me acostumei às novas texturas, aceitando tudo como nada mais que outra bizarrice da puberdade.

 

No dia seguinte, no entanto, achei que aqueles pelos estavam crescendo com uma rapidez descompassada com relação aos pelos do corpo. Tinha como que um rato na boca. [...]

Aparições

SKU: APA01
R$ 45,00Preço
  • Higor Brunieri é escritor e artista plástico, nascido em Campinas (SP), 1997. Graduado em Artes Visuais pela Unesp, é atualmente mestrando em Estética e História da Arte pela Universidade de São Paulo. “Aparições” é seu primeiro livro publicado.

  • Ficha técnica da obra:

    Livro de contos
    Dimensão: 14x21 cm
    86 páginas.

    * imagem ilustrativa